Como lidar com o fim do emissor gratuito de NF-e no varejo?

Sobre o que vamos falar?

Tempo de Leitura: 3 minutos

Com o fim do emissor gratuito de NF-e as empresas do varejo precisam buscar soluções para realizar esse processo e não deixar de emitir as suas notas. Se adaptar às mudanças é crucial para evitar problemas futuros com o Fisco.

Quer entender o motivo do fim da emissão gratuita e conferir a melhor maneira de inserir a nova mudança no seu negócio? Continue conosco, pois preparamos um artigo para lhe explicar os pontos principais dessa mudança!

Por que a Fazenda decidiu descontinuar a emissão gratuita de NF-e?

Grande parte das empresas utilizam um software de gestão para controlar todos os seus processos internos. Os sistemas, em sua maioria, dispõem de opções para emissão de notas fiscais.

Desse modo, os empreendimentos já se utilizavam da ferramenta para realizar as impressões das notas. A plataforma disponibilizada pela Fazenda não estava sendo usada, por conta de os gestores preferirem gerar o documento em seu próprio sistema corporativo.

Cuidar do emissor de NF-e custa dinheiro, uma vez que ele exige manutenção constante. O desenvolvimento do sistema e toda a infraestrutura exigida para mantê-lo online demandavam grandes valores no orçamento. Dessa forma, não faz sentindo o governo investir em uma ferramenta que não é aproveitada pelos empreendedores.

Por isso, foi decidido pelo fim do emissor gratuito. Fica claro que o evento se deu especialmente por falta de demanda, já que os demais meios de expedir as notas são mais procurados.

Infelizmente, a descontinuação afeta principalmente as empresas de pequeno porte. Embora o fluxo de emissão desses empreendimentos não seja tão alto como das grandes corporações, eles eram os maiores usuários dessa ferramenta.

Como o varejo deve proceder para se adaptar a essa mudança?

A recomendação, inclusive da Secretaria da Fazenda, é que as empresas do varejo iniciem a migração para soluções próprias. Assim, é possível se preparar e não ter prejuízos no momento em que o emissor for descontinuado.

A boa notícia é que existem diversas soluções no mercado, que satisfazem adequadamente a necessidade de gerar as notas. Para se adaptar, o varejista precisa iniciar uma busca para encontrar qual delas de adapta melhor às necessidades do seu negócio.

Quais ferramentas podem ser utilizadas para continuar a emissão de NF-e?

As opções vão desde softwares, que além de emitir a NF-e ainda controlam e integram todos os demais dados da gestão, à sistemas mais básicos, utilizados unicamente para essa atividade.

Os sistemas mais complexos automatizam diversos processos, inclusive a emissão da DANFE e o envio das notas via e-mail ao destinatário. Assim, seu varejo aproveita das novas condições do Fisco para aprimorar o processo fiscal e ganhar agilidade.

Existem ainda as opções hospedadas na nuvem. Nesse tipo de sistema, basta conexão com a internet para acessá-lo a partir de qualquer local. Essa modalidade ainda conta com o benefício do armazenamento adequado e seguro, sem consumir memória dos computadores do empreendimento.

Com o fim do emissor gratuito de NF-e, os varejistas precisam buscar soluções, a fim de manter o processo fiscal em ordem e evitar autuações. Encontrar novos métodos para realizar a expedição pode trazer vantagens, otimizando o trabalho referente a essas obrigações.

Entendeu os motivos do fim no emissor gratuito? Gostou de como as novas soluções podem aprimorar a produção das notas? Então leia nosso artigo sobre como escolher um software para a emissão de NF-e e evolua essa tarefa em sua empresa varejista!

Guia completo sobre emissão de notas fiscais para o varejo

banner lateral blog news assinar
Tenha todas as informações e novidades sobre tecnologia, gestão e emissão fiscal em primeira mão 🚀

    # Você vai se interessar também

    Tabela NCM Atualizada
    Capture suas Notas Fiscais em mais de 2.400 Municípios
    NT 2021.004

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Migrate logo Branco

    Fale Conosco

    11 4240 6556

    Deixe seu melhor número para contato,

    nós ligamos pra você...