O que é métrica fiscal? Entenda como funciona

Sobre o que vamos falar?

Tempo de Leitura: 2 minutos

Para que uma empresa esteja sempre em conformidade com as obrigações tributárias, estar atento à métrica fiscal é fundamental. Principalmente em um sistema tão complexo como o brasileiro, no qual todo cuidado é pouco na hora dos profissionais do setor consolidarem as informações de forma correta.

Além das métricas fiscais, existem os indicadores de desempenho, que são responsáveis por apontar se o negócio está ou não conseguindo gerir essas atividades. Nesse sentido, é indispensável que toda empresa tenha isso em mente, de modo que primeiro busque cumprir as métricas fiscais para depois definir quais indicadores serão os mais relevantes.

Quer saber mais sobre o tema e tirar eventuais dúvidas sobre métrica fiscal? Continue a leitura deste artigo!

Como garantir a conformidade dos processos e operações fiscais de uma empresa?

A melhor forma de evitar problemas junto ao fisco é fazer uma gestão eficiente, por meio de métricas e indicadores de desempenho fiscais. Assim, o setor terá um controle muito maior das operações, no sentido de efetuar o recolhimento de tributos dentro do prazo, bem como o procedimento de escrituração digital, que deve ser entregue mensalmente à Receita.

Acompanhe as subseções a seguir e conheça alguns indicadores de desempenho que podem ser adotados para garantir a eficiência da gestão fiscal do negócio.

Taxa de imposto efetiva

Esse indicador está relacionado ao quanto de imposto a empresa paga com base na sua receita. Embora, em alguns casos, não forneça informações tão precisas, o seu uso pode servir para avaliar se o planejamento tributário está ou não de acordo com os objetivos traçados.

Notas fiscais entregues no prazo

Quanto melhor for o controle e o armazenamento das notas fiscais, mais o negócio tem a ganhar. Logo, cumprir todos os prazos de quitação desses documentos implica em várias vantagens, como o recolhimento correto de impostos.

Notas fiscais eletrônicas rejeitadas

Uma nota fiscal é rejeitada quando o sistema de validação da Secretaria da Fazenda não a reconhece. Ter o controle desse número ajuda o negócio a evitar problemas futuros, tentando identificar a causa e/ou motivo, que pode ser:

  • algum erro ou inconsistência no cadastro de clientes;
  • assinatura digital corrompida;
  • a empresa não ter sido cadastrada junto à SEFAZ como emissora de nota fiscal eletrônica.

Quais as diferenças entre métrica fiscal e indicadores de desempenho?

A métrica fiscal consiste em obrigações que a empresa tem que cumprir. Além disso, ela pode fazer parte dos indicadores de desempenho, que por sua vez são escolhidos pela própria companhia, selecionados dentre os vários indicadores possíveis, aqueles que melhor refletirão a saúde fiscal do negócio. Essa escolha também deve ser feita de modo que o monitoramento seja fácil por parte do setor.

Como vimos, a métrica fiscal e os indicadores de desempenho são fundamentais para que a empresa tenha um controle efetivo sobre a sua gestão tributária. Assim, contar com a tecnologia é fundamental, no sentido de automatizar tarefas repetitivas, coletar dados e fornecer análises precisas sobre os aspectos fiscais do negócio.

O conteúdo foi útil? Continue no blog da Migrate e acompanhe este outro artigo que preparamos para você sobre ocompliance fiscal e como aplicá-lo em seu negócio!

CTA para complementar o tema sobre metrica fiscal
banner lateral blog news assinar
Tenha todas as informações e novidades sobre tecnologia, gestão e emissão fiscal em primeira mão 🚀

    # Você vai se interessar também

    Tabela NCM Atualizada
    Capture suas Notas Fiscais em mais de 2.400 Municípios
    NT 2021.004

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Migrate logo Branco

    Fale Conosco

    11 4240 6556

    Deixe seu melhor número para contato,

    nós ligamos pra você...