Pessoas conversando sobre os desafios de fazer a emissão de NFS-e em 2021

Os desafios da emissão de NFS-e no Brasil

Home - NFS-e  - Os desafios da emissão de NFS-e no Brasil

Analista e Consultor de Negócios da Migrate. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, é responsável pela evolução dos produtos InvoiCy e estreitamento do relacionamento com Parceiros!


Olá, tudo bem? Hoje vamos falar um pouco sobre os desafios da emissão de NFS-e (Nota Fiscal de Serviço eletrônica) em nosso país.

Como uma tarefa simples pode se tornar uma enorme dor de cabeça? Como superar tais desafios e se sobressair nesse mercado? 

É sabido que, ao tocar no assunto “NFS-e”, temos um arrepio na espinha, afinal, são milhares de prefeituras, nenhum padrão e muita desinformação. É uma verdadeira sopa de letrinhas, não é mesmo? 

Atualmente, cada município é responsável pelo recolhimento do ISS (Imposto Sobre o Serviço) e portanto, pode gerir tal tributo da forma que julgar melhor para sua administração. Desta forma, cada município efetua a contratação de um software específico de gestão, o que inclui neste pacote um módulo para gerenciamento de notas fiscais de serviço do município. E é este módulo que você contribuinte utiliza quando efetua a emissão de NFS-e em um determinado município. 

Já para quem integra um ERP para emissão de NFS-e em diferentes municípios, o desafio torna-se ainda maior. São inúmeros padrões, cada qual com suas particularidades e layouts de integração. Cada município integrado, é um novo desafio. O sentimento é de que você está enxugando gelo, pois a cada novo cliente de um município ainda não integrado no ERP, é preciso iniciar toda uma integração praticamente do ZERO. Complicado, não é mesmo? Mas calma, pra tudo temos uma solução! 

Conheça a solução de seus problemas!

Vamos mostrar à você como é fácil simplificar esta integração e acabar de vez com todas as dificuldades neste processo. Integrando com a Plataforma InvoiCy você terá mais de 2.000 municípios disponíveis para integração, com UM ÚNICO LAYOUT. Isso mesmo! Você realiza uma única integração, com apenas um layout e de IMEDIATO amplia sua carteira de municípios atendidos para mais de 2.000.

Achou pouco? Saiba que, além destes 2.000 municípios para emissão, também disponibilizamos integração para leitura e importação de NFS-e de ENTRADA e de notas PRESTADAS/DIGITADAS diretamente no site da prefeitura, em mais de 1.700 municípios, sendo que destes, são 685 integrados de forma totalmente automatizada, pois buscamos as notas fiscais de serviço de ENTRADA e PRESTADAS através de Web Services oferecidos por estes municípios. Com estas notas fiscais disponíveis na base de InvoiCy, você pode efetuar consultas para obter as informações em um modelo padrão de retorno, não importa o município que for e assim, alimentar seu ERP com todos os dados das notas importadas.

2021 vem aí!

No próximo ano, teremos ainda uma grande quantidade de municípios efetuando a troca da gestão municipal, reflexo das eleições municipais de 2020, realizadas em novembro deste ano. É muito comum que, ao trocar de gestão, o município realize nova licitação para obtenção de software emissor de NFS-e. Esta prática se mostrou consolidada nos últimos anos, e vem crescendo a cada novo pleito municipal e literalmente, tem levado muita dor de cabeça aos emissores de NFS-e que precisam atualizar seus sistemas integrados para não parar a emissão de NFS-e.

Mas não se preocupe, integrado com uma plataforma de emissao e gestao fiscal como o InvoiCy da Migrate, a responsabilidade de atualização de todas estas trocas de sistema dos municípios é de responsabilidade nossa. Toda e qualquer alteração nos sistemas de gestão dos municípios é acompanhada pela Migrate, e devidamente adequada ao processo de emissão e busca de documentos, permitindo que sua gestão de NFS-e não pare.

Use NFS-e com a MIGRATE! Conheça a Plataforma InvoiCy!

Gostou deste conteúdo? Então veja quais os municípios atendidos pela Migrate clicando neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *